O programa Bolsa Família 2021 é uma das iniciativas do Governo Federal onde é possível, através da transferência direta de renda, amparar a população que se encontra em estado de pobreza. Com o auxílio mensal de aproximadamente R$ 89,00, quem tem direito ao bolsa família 2021, ainda com pouco dinheiro, comprar medicamentos e até alguns alimentos.

Quem tem direito ao Bolsa Família 2021
Quem tem direito ao Bolsa Família 2021

Entretanto, existem muitos casos em que famílias conseguiram sair da situação de extrema pobreza por meio do Bolsa Família 2021. Além dessa transferência direta de um valor financeiro é possível que essas mesmas famílias possam ser beneficiadas por outros programas de assistência social do Governo, principalmente os educacionais e de moradia.

Quem tem direito ao Bolsa Família 2021?

Como é um programa de assistência social e que beneficia milhares de pessoas em todo o território brasileiro é destinado a famílias que vivem em situação de pobreza ou extrema pobreza. Veja a seguir quem tem direito ao bolsa família 2021:

  • Famílias em situação de pobreza extrema: O Governo considera situação de extrema pobreza quem recebe como renda mensal até o valor de R$ 89. Nesses casos, o benefício pode ser pago, mesmo que o grupo familiar não contenha crianças, jovens ou gestantes.
  • Famílias em situação de pobreza: E considera situação de pobreza quem recebe renda mensal até entre R$ 89,01 e R$178,00. Nesses casos, para receber o benefício, é necessário ter crianças, jovens ou gestantes na composição familiar para ter direito ao bolsa família.

Desta forma, as famílias que podem participar do programa são aquelas que recebem até R$ 177,00 por pessoa, assim como as famílias pobres que tenham em sua composição entes como gestantes, crianças e adolescentes com idade máxima de 17 anos.


Regras e etapas para receber o benefício

Para ingressar no programa Bolsa Família, o grupo familiar precisa se inscrever no CADÚNICO (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal) e atender a uma série de requisitos. Lembrando que caso você tenha a carteira assinada, isso não lhe impede de ter direito ao benefício.

Veja a seguir como quem tem direito ao bolsa família 2021 pode fazer sua inscrição:

Inscrição no Cadastro Único

A inscrição no CADÚNICO é o primeiro passo para quem tem direito ao bolsa família começar a receber seu benefício. A inscrição deve ser realizada no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo, e não garante necessariamente que você vai receber o benefício imediatamente.

Para se inscrever no Cadastro Único 2021, uma pessoa do grupo familiar precisa se responsabilizar por informar todos os dados ao assistente social. Isso inclui a entrega de uma série de documentos de todos os membros da família.

Em geral, recomenda-se que o responsável familiar seja a mãe. Mais isso não é uma obrigação.

Documentos necessários:

  • Responsável Familiar
    • CPF ou título de eleitor (de preferência os dois)
    • Documento de identidade com foto
  • Outros Membros do grupo familiar
    • Documento de identidade (RG, CNH, CTPS) ou certidão de nascimento ou certidão de casamento, ou título de eleitor

Documentos de apoio

A apresentação dos documentos a seguir não é obrigatória, mas aumenta as chances de quem tem direito ao bolsa família receber o benefício:

  • Comprovante de endereço do grupo familiar
  • Carteira de trabalho de todos os membros que já tiverem o documento
  • Comprovante de matrícula escolar de crianças e jovens entre 6 e 17 anos de idade

Cadastro de pessoas sem documento

Se você ainda não tirou os documentos de identificação básicos não se preocupe. Ao comparecer ao CRAS, o assistente social vai passar as orientações de como tirar cada documento.

Lembrando que no caso de crianças que ainda não tenham sido registradas, a primeira via da certidão de nascimento é grátis.


Como é feito o cadastramento?

Se você se enquadra nesses requisitos ou conhece famílias que tem o direito de receber o beneficio deverá fazer o cadastramento no CadÚnico – que é um programa de cadastramento de dados gerais do Governo – na prefeitura da sua cidade.

A seleção é feita todo mês pelo Ministério da Cidadania que analisa os pedidos enviados pelas prefeituras. A família contemplada receberá um cartão onde pode realizar a consulta de saldo, extrato e fazer o saque do benefício nas agências e correspondentes da Caixa como, por exemplo, as Casas Lotéricas.


Quais são os tipos de benefícios?

É muito importante que todos os interessados e beneficiados conheçam o valor do bolsa família 2021 pago pelo Governo, os quais são os seguintes:

  • Benefício básico – É o primeiro benefício, o qual é concedido às famílias que recebem o valor de R$ 77 por pessoa como renda mensal. Neste caso, o programa destina o auxilio de R$ 77 mensais por beneficiário;
  • Beneficio Variável – Como o nome indica é aquele que varia de acordo com o caso. Se a família possui crianças e adolescentes com até 16 anos incompletos terá o direito de receber R$ 35,00 sendo que é cumulativo, ou seja, cada família pode receber até 5 benefícios o que totaliza R$ 175;
    1. Benefício Variável de 0 a 15 anos – É o beneficio destinado às famílias que tenham crianças e adolescentes com idade máxima de 15 anos, onde receberá a bolsa de R$ 35;
    2. Benefício Variável para a Gestante – É o beneficio direcionado a gestante e que poderá receber até 9 parcelas consecutivas que são contadas a partir da data do início do pagamento da Bolsa. O valor é de R$ 35,00;
    3. Beneficio Variável Nutriz – É o beneficio voltado para as famílias que tem crianças com até 6 meses de idade. Terão o direito de receber até 6 parcelas mensais consecutivas que são contadas a partir da data do início do pagamento da Bolsa. O valor é de R$ 35,00.
    4. Benefício Variável Jovem – É direcionado para as famílias que estão em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tem filhos adolescentes com idade entre 16 e 17 anos. Nesta modalidade, a família terá o direito de receber R$ 42 mensais e pode acumular dois benefícios que totalizam R$ 84,00;
  • Benefício para a Superação da Extrema Pobreza – Este é um dos mais importantes que tem como objetivo retirar as famílias da péssima condição social e econômica. O valor a que cada família terá o direito de receber caberá ao resultado do cálculo que é feito sobre a renda de cada pessoa da família e mais do beneficio que a mesma recebe do Programa.

Neste caso, elas podem acumular os benefícios: Básico, Variável e Variável Jovem até chegar o valor máximo de R$ 336,00 mensais.


Fiscalização e atualização de cadastro Bolsa Família

Lembrado que, após ter feito o cadastro bolsa família 2021, Isso não significa que seu benefício vai se pago. A cada 2 anos, o Ministério da Cidadania realiza o recadastramento para saber quem tem direito ao bolsa família 2021. Confira em que situações ele será solicitado:

  • O recadastramento do grupo será solicitado a cada 2 anos, independentemente se houve ou não alteração nos dados da família;
  • Será solicitado recadastramento do bolsa família 2021 sempre que o cruzamento de dados do MDS apontar alguma possível irregularidade no cadastro do programa.

Para evitar de ter seu benefício cancelado ou bloqueado, é importante que o grupo familiar:

  • Realize a atualização do cadastro no CRAS sempre que houver alteração nos dados do grupo familiar. Para encontrar a unidade mais próxima do CRAS, utilize esse link;
  • Garanta que continua cumprindo todos os requisitos solicitados pelo Ministério da Cidadania. Para conferir a lista completa de requisitos, acesse esse link.

Para mais informações sobre quem tem direito ao bolsa família 2021, acesse a página principal do MDS ou a página do programa no site da Caixa Econômica Federal.


Como receber o pagamento do bolsa família 2021?

O pagamento do bolsa família 2021 é mensal, e o valor vai depender de qual a composição familiar do beneficiário. Confira abaixo como realizar o saque do benefício:

Presencial

Com o cartão do bolsa família em mãos, você poderá receber o benefício em:

  • Agências da Caixa Econômica Federal
  • Casas lotéricas
  • Terminais de autoatendimento da Caixa
  • Pontos de atendimento credenciados da Caixa Econômica Federal.

Crédito em conta

Caso o beneficiário do programa não queira se deslocar todo mês ao ponto de atendimento para receber o benefício, é possível receber direto em conta.

Para isso, basta abrir uma conta Caixa fácil gratuitamente em qualquer agência ou lotérica, e o benefício cairá automaticamente. O pagamento cai conforme a data de pagamento do calendário bolsa família 2021.

Para conferir se sua família já está cadastrada, use esse link para conferir a lista do bolsa família.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor informe seu nome